Resenha histórica – maio 2002

Somos o grupo de Teatro Infantil de Braga onde muito se aprende e tudo se partilha. Sentimos o chamamento do público para connosco usufruir dessa partilha. Convidados especiais… os nossos pais, os nossos amigos, e todos aqueles que em nós acreditam. A nossa originalidade está nas idades de cada um de nós: somos muito novinhos, com 6, 7… até 16 anos de idade. O nosso talento cresce dia após dia e cá continuamos desde 1993.

A estreia da primeira peça “Os Meninos e os Palhaços”, uma adaptação do Tin.Bra do guião de Fausto Quintas, sendo esta premiada com os prémios de Revelação e Realização Técnica, no Festival de Outono da ARTAM. “Contos com Desencontros”, escrita por um dos elementos do grupo com então 14 anos, conseguiu também quatro prémios no Festival de Outono da ARTAM: Melhor Espectáculo, Melhor Encenação, Melhor Realização Técnica e o prémio de Revelação. “Os Elementos do Universo”, um original do grupo, que se estreou no âmbito da Primeira Semana Cultural do Tin.Bra. com esta mesma peça, participa no Festival da Juventude, organizado pela ARTAM. “O Grilo Assobiador”, estreia no âmbito das comemorações do Dia Mundial da Criança. Candidata-se e vai representar Portugal em Toulouse no âmbito do Festival Internacional de Teatro da Criança com a peça “O Grilo Assobiador”. Em Busca de Tibães”, é a peça estreada no Mosteiro de Tibães e tem como objectivo mostrar ao público mais jovem a vida do Mosteiro no Séc. XVIII. “Um, Dois, Três, Quatro: O Princípio do Teatro”, foi o titulo do livro editado com as quatro primeiras peças de teatro estreadas pelo grupo. Um mês depois foi apresentado ao vivo o Hino do grupo à Associação. “A Navegar” e “Tão Longe, Tão Perto”, foram as peças estreadas como exercícios finais do 1º curso de Actor. “O Coelho da Cerca” foi a peça estreada na abertura da 3ª Semana Cultural do Tin.Bra no Mosteiro de Tibães em Braga. Temos actualmente em cena “O Hospital dos Brinquedos”, estreada no dia 23 de Março de 2002.

Entre outros eventos, promovemos Acções de Formação de elementos fundamentais na prática da arte teatral tais como: Expressão Dramática, Expressão Corporal, Expressão Plástica, Colocação e Projecção da Voz, Danças Teatrais entre outros, sendo estes ministrados por profissionais no ramo.

Contamos com a colaboração do IPJ de Braga, através de um protocolo de cedência de instalações; do PAAJ – Programa de Apoio às Associações Juvenis; Inatel de Braga e Junta de Freguesia de S. Vitor. Esperamos, brevemente, o apoio da Câmara Municipal de Braga.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s