Poema “Cores”, Associação Vida a Cores, Pevidém

O verde da paisagem canta poderosamente

Em cada erva, árvore ou prado

O azul da água abraça a fauna carinhosamente

Em cada lago, rio ou oceano

Ambos dominam os tons do nosso planeta

Que, visto à distância, exibe-se vaidosamente

Destacando-se num vazio escuro e infinito

Iluminado pelo Sol que o aquece calorosamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s