Poema “Homenagem 10 Anos Clube Poetas do Selho”, jardins Alameda em Guimarães

Uma métrica, um tempo, uma contagem

São insignificantes perante a grandeza da criação

O que distingue este Clube é, sem dúvida, a coragem

Num retiro totalmente a sós, em meditação

Mergulhar nas profundezas de uma paragem

Em busca das palavras certas em elevação

Prestar à Língua Portuguesa uma homenagem.

Os versos tocam uma sonoridade em construção

Ganham vida própria lançando uma mensagem

Do seu autor rebelam-se chamando a atenção

Isto não é apenas uma simples passagem

Porque o mais importante:

é o poema que nasce do coração!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s