2015-11-07 Poema sobre Religião Católica – Encontro em Pevidém

Se queres orar e não sabes

Podes bem cantar!

E não deixes de agradar

A toda companhia celestial!

Podes somente conversar,

Pedindo ajuda, agradecendo…

E será o teu momento especial!

Diariamente estarás estabelecendo

Uma ligação sem igual

Não precisas de internet nem telemóvel

Apenas o teu acreditar.

2015-10-10 Poema Amizade – Encontro do Clube de Poesia em São Lourenço

À nossa volta, as cores dançam ao som de uma melodia alegre

Sentimo-nos a levitar transportados por algodão doce

Constrói-se o enredo no qual o início se perde e onde os pequenos momentos são importantes.

É verdadeira, é genuína, é vivida.

Por isso, recorda-se numa memória partilhada e quer-se continuada

Essa vontade de estar com o outro torna-o, também a ele, especial

Subimos os primeiros degraus que levam ao amor

E então vem o escutar, o respeitar, o querer, o admirar

Como se depreende, muito mais do que uma descrição, a amizade são ações.

Já que não temos o verbo, porque não AMIZAR, é uma das sugestões.

Foto de Mandina Fernandes
Foto de Mandina Fernandes

Fundação do Clube de Poesia do Selho

No dia 11 de fevereiro de 2012 realizou-se uma tarde cultural organizada pela Junta de Freguesia de Selho São Jorge. Do programa faziam parte o lançamento o livro do Raúl Rocha “Guimarães no Séc XX (1940 – 1970), o segundo de três volumes sobre a história de Guimarães, um momento de poesia com a declamação de poemas de Alexandre Moreira e Mandina Fernandes e um concurso de quadras pelos alunos da Escola Básica nº 1 de Pevidém.
Esta foi a data que formalizou a constituição do Clube de Poesia do Selho que continua, até hoje, como informal, independente e autónomo. Tem participado em várias atividades culturais, tais como a Feira da Terra em S. Torcato como também a Citânia Viva em Briteiros, entre outras.
O seu propósito consiste na divulgação e prática da riqueza que constitui a língua portuguesa. O que mantem o grupo unido é esta profunda preocupação e os laços de amizade cada vez mais especiais. Inicialmente, o Clube era essencialmente constituído por pessoas de Selho São Jorge e Selho São Lourenço, ligadas pelo mesmo rio: o Selho.